Iniciamos agora um caminho de postagens em nossa biblioteca cuja intenção é construir um espaço de diálogos múltiplos a partir do compartilhamento de músicas de artistas indígenas e africanas/os, as/os convidando para um exercício de escuta profunda. Além de ouvir, buscamos sentir essas composições instigando a aesthesis, aqui entendida como o processo de liberação dos sentidos. Procuramos incentivar o ato de autoindagação tanto em nós quanto em vocês, ampliando olhares e sentidos e aprendendo na troca entre culturas e modos de ser e de estar no mundo. Afinal, como diz o escritor Igbo de nacionalidade nigeriana, Chinua Achebe, a boa arte muda as coisas.

Dessa forma, disponibilizamos comentários sobre as músicas e artistas, além de materiais selecionados dos campos dos estudos pós-coloniais e decoloniais, possibilitando que você crie seu próprio caminho de sentipensar.

Venha conosco! 

PARA SABER MAIS: as relações entre música e tradição, acesse este texto!

PARA SABER MAIS: música, corpo e memória, acesse este texto!

PARA SABER MAIS: movimentos sociais e sons-resistências, acesse esse texto!

PARA SABER MAIS: territórios de partilha e movimento de juventude, acesse esse texto!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s