O mês de Julho é o mês da Mulher Afro Latina e Caribenha e no dia 11 de julho aconteceu o baque nas ideias com a mestranda em história e pesquisadora do AYA – Laboratório de estudos Pós-coloniais e Decoloniais, Fernanda Lucas Santiago, que nos apresenta os resultados da sua dissertação intitulada “Mulheres Negras: estratégias de (res) existência em rede (Curitiba, 1922-1961).”

Também está presente agbezeira do Baque Mulher Curitiba, professora de História no Cursinho Popular Ubuntu, mestranda em História pela UDESC, membro consultora da Comissão Sobre a Verdade da Escravidão Negra OAB-PR.

View this post on Instagram

Fernanda Santiago

A post shared by Baque Mulher Curitiba (@baquemulhercwb) on

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s